15 mar Por que algumas startups não passam para a aceleração?

Recentemente demos feedback para centenas de empreendedores que se inscreveram para a última turma de aceleração da ACE.

Analisando todas as empresas, conseguimos chegar em alguns padrões de motivos para as startups não serem aprovadas. Muitas vezes, é uma questão de momento e de maturidade do negócio – e sempre há uma segunda ou terceira chance.

Neste post, vamos contar um pouco dos principais motivos pelos quais centenas de empresas não são selecionadas para a ACE.

O primeiro deles é muito lógico: centenas de startups aplicam e só temos algumas vagas. Mas existem muitos outros.

Lembro que a ACE aceita startups que já tenham produto definido (ao menos um MVP), com equipe completa e ao menos um dos sócios 100% dedicado ao negócio para o ACE Start; e empresas já com a validação completa, time full-time e algum tipo de receita recorrente para o ACE Growth.


INSCREVA-SE AGORA!

Equipe

O time é fundamental para qualquer startup, que precisa ter todas as suas competências core dentro de casa. Para acelerar, a equipe precisa estar formada e com ao menos um empreendedor 100% dedicado ao projeto (ACE Start) ou todo o time full time (ACE Growth).

Empresas com um só sócio não são aceitas por um motivo simples: a aceleração é um processo intenso e desgastante que afeta todas as áreas do projeto, então é humanamente impossível um empreendedor solitário conseguir dar conta de tudo.

Você pode ver aqui algumas dicas para conseguir sócios e criar uma boa equipe.

Mercado

O seu mercado potencial é maior do que R$ 1 bilhão? Você tem capacidade para dominar um nicho desse mercado e transformá-lo em um pequeno monopólio?

O tamanho do mercado da sua startup é muito importante. É ele que regula o tamanho máximo que a sua startup pode ser. Não adianta ser um peixe grande em um aquário pequeno.

Além do tamanho do mercado, o timing do setor e o seu próprio timing também são importantes. Uma startup promissora que aposta em um segmento decadente tem bem menos chances de sucesso – e um projeto que começa em um mercado já saturado de concorrentes (de grande porte ou outras startups) também terá dificuldade.

Modelo de Negócios

Como você vai entregar valor para o seu cliente e como você vai ganhar dinheiro com a sua empresa também importam. Uma startup precisa ter um modelo de negócios repetível e escalável, onde a curva de receita se descola da de despesas.

Por uma questão de tese de investimento, não aceitamos e-commerces, games ou negócios puramente sociais. Você pode conferir aqui se o seu modelo de negócios é adequado a uma estratégia de alto crescimento.

Vale também a leitura sobre Proposta de Valor!

Estágio

Existem quatro estágios possíveis para toda startup: ideação, validação, crescimento e escala. É o que chamamos de Jornada do Empreendedor.

Ideação é o primeiro passo, quando você tem um projeto que ainda não tem produto e várias hipóteses não confirmadas. Essa é a etapa em que toda a empresa está apenas na cabeça do empreendedor. Existem muitas hipóteses, ideias e mercados em potencial, mas nenhuma certeza ou verificação.

Você vai validar hipóteses por toda a sua jornada empreendedora, mas a fase de Validação é quando você constrói toda a fundação da empresa. Nessa fase, todas as hipóteses levantadas na etapa de ideação serão confirmadas ou refutadas, pivotando até confirmar todas as premissas. É aqui onde se encontra a maioria das startups do Brasil.

Crescimento é a fase onde a startup já confirmou alguns itens cruciais para a sua existência, e vai criar, entender e otimizar o seu motor de venda, bem como começar a levantar rodadas de investimento.

É nesse estágio que ela pode começar a fazer testes de canais e começar seus investimentos em marketing até chegar em na fase de Escala, que é quando a startup já achou a melhor forma de crescer e agora tem esse único objetivo.

Cap Table

Quando a sua startup já tem o cap table muito comprometido devido a acordos anteriores e há pouco equity disponível com o empreendedor, a concretização de novos investimentos fica muito mais difícil, o que inviabiliza o aporte de tempo e recursos da aceleração.

Erro na inscrição

Foram bem poucos, mas uma minoria de empreendedores também foram desclassificados por enviarem inscrições incompletas e/ou sem o vídeo, parte fundamental para avaliação.

Não é nem uma questão de não se destacar. Se não conseguimos sequer avaliar o que a empresa faz, não conseguimos avançar com o processo de seleção. Aí é uma questão de pensar: será que eu passei a mensagem com clareza?

Veja aqui quando abrem as inscrições novamente!

Equipe ACE
contato@goace.vc

A Equipe ACE é formada por profissionais multidisciplinares e apaixonados por empreendedorismo e startups :)



BrazilUSA