Como ganhar dinheiro startup

12 jul Modelo de negócio: como sua startup vai ganhar dinheiro?

Muitas startups promissoras e com bons produtos morrem porque não conseguem descobrir como monetizar o seu business. Seja por vender para o público errado, se equivocar na forma de cobrança ou como se entrega valor ao seu cliente, o modelo de negócio é crucial para o sucesso de uma startup. Mas descobrir qual a melhor engenharia para definir esse modelo, ou mesmo estudar como cada um deles afeta o desempenho do seu projeto é fundamental.

Basicamente, existem três tipos de modelos: negócios, receita e público. Você pode ler sobre eles abaixo ou assistir a ACE Live, transmissão ao vivo de vídeo onde interagimos com empreendedores em torno de um determinado assunto. Inclusive, quem participou do evento teve como tirar dúvidas e adaptar os conceitos aos seus próprios projetos.

Modelo de público:

Para quem você vai vender? Calma, não estamos falando de persona ou tamanho de mercado, mas sim o tipo de transação que a sua startup vai fazer. Falamos aqui de B2C (business to consumer), quando você vende direto para o público final; B2B (business to business), quando o seu cliente são outras companhias, sejam elas grandes corporações ou pequenas e médias empresas; B2G, quando o governo é o seu maior consumidor; C2C, quando você empodera outras pessoas físicas para venderem seus próprios produtos a outros consumidores; ou uma variedade de outras siglas como O2O (online to offline), entre outros.

Modelo de negócio:

Basicamente, é a forma do que esse cliente compra. Falamos aqui sobre como você entrega valor ao seu cliente. Você pode fazer isso por meio de vários formatos como SaaS (software as a service), quando o que importa é o job to be done que o seu software entrega, marketplace, onde você conecta fornecedores e consumidores e ganha a cada aperto de mão, aplicativo, onde sua entrega é 100% via mobile, produto físico, serviço ou diversos outros.

Modelo de receita:

Aqui é como você vai ganhar dinheiro, literalmente: o formato pelo qual o cliente te paga. Falamos aqui de premium, pagou, levou; freemium, quando existe uma versão grátis e uma paga com muito mais funcionalidades; assinatura, quando há uma cobrança recorrente enquanto o cliente se beneficia do serviço da startup; por publicidade, quando você “vende” seu público aos anunciantes; e muitos outros. E escolher o modelo certo de receita é importante para conquistar e reter clientes: se o seu cliente não sabe ou não está confortável com o meio como vai te pagar, ele tem maior propensão a deixar sua startup.

Quer saber de temas em primeira mão e participar das transmissões da Melhor Aceleradora da América Latina?


Quero participar do ACE Live!

Felipe Collins Figueiredo
felipe@goace.vc

Felipe Collins Figueiredo é responsável pelo marketing da ACE, Melhor Aceleradora de Startups da América Latina e ecossistema completo de inovação para o empreendedor de alto impacto.



BrazilUSA