24 abr AceleraGaita

harmonica

E nem só de negócios vivem as pessoas que trabalham na Aceleratech. Existem muitos músicos entre os empreendedores, algum dia vai sair uma banda acelerada por nós.

Até eu, Fernando Bresslau, que costumo trabalhar com planilhas e contratos, tenho um interesse musical muito forte, por um instrumento específico: a gaita de boca. Durante a faculdade, toquei em banda de blue e de punk rock acústico e, depois, trabalhei por dois anos e meio na maior e melhor fábrica de gaitas do mundo, a Hohner, na Alemanha.

Fiz uma pequena seleção de algumas bandas e artistas aos quais ouço enquanto estou trabalhando de fones de ouvido na minha mesa de canto na base da Aceleratech. Espero que a lista sirva de inspiração para que os leitores desse blog comecem a escutar um ou outro desses artistas.

Abraços e bom fim-de-semana,

Bresslau

Hazmat Modine

Banda de Nova Iorque com um som bem eclético, influências de todos os cantos do mundo, mas bem centrada na música americana. Uma das poucas bandas que usou bastante dois gaitistas ao mesmo tempo.
http://bit.ly/1JDp4BW
http://bit.ly/1EpuYGU

Treat her right
Do meu ponto de vista, o melhor uso da gaita no rock. A gaita é muito bem tocada, mesmo sendo simples, mas com muita energia. Banda do Mark Sandman, que depois cirou a banda Morphine, fantástica.

http://bit.ly/1aZjKgx

 Carlos del Junco
Gaitista canadense que começou no blues e, com a melhoria exponencial da sua técnica na gaita, começou a trilhar novos caminhos.
http://bit.ly/1Px4F5m
http://bit.ly/1bC4ebH

Joe Filisko
Um dos maiores conhecedores da história da gaita blues do mundo, é dedicado a preservar as técnicas tradicionais de gaita do início do século XX. Sem falar que ele é o mais famoso luthier de gaitas do mundo.
http://bit.ly/1yYK71s

Paul Delay

Bluseiro de tarimba, morreu cedo demais. O blues dele é blues com tudo o que tem ter, porém sempre com uma surpresa, uma novidade, um jeito peculiar de tocar. Usa tanto a gaita diatônica como a gaita cromática, com muita técnica e alma.
http://bit.ly/1I5HCwc

Paul Butterfield
Um dos grandes mestres da gaita blues de Chicago. Um dos primeiros gaitistas brancos de blues a despontar, levou o blues para uma audiência branca. Participou do festival de Woodstock.
http://bit.ly/1E14A4R
http://bit.ly/1HyHCpF

Ford Blues Band
Banda californiana formada por irmãos, tocam um blues elétrico com muita energia e, muitas vezes, bem acelerador. Muito punch!
http://bit.ly/1QrrUiK

Curtis Salgado
Foi a inspiração para os personages do filme Blues Brothers, descobri bem depois de já gostar dele. Combinação poderosa de voz e gaita, a gaita como o seu instrumento secundário, depois da voz. Venceu uma batalha muito dura contra o câncer.
http://bit.ly/1aZnTB8
http://bit.ly/1bC4Td8

Howard Levy
Sistematizou, pela primeira vez, uma técnica avançada chamada “overbending”, o que transformou a gaita diatônica em um instrumento verdadeiramente cromático. Um músico de capacidade completamente acima de qualquer parâmetro normal, não acho exagerado chamá-lo de gênio instrumental. Toca de tudo, até blues, de vez em quando.
http://bit.ly/1FkN4uC
http://bit.ly/1FkN91f

Steve Baker
Inglês radicado na Alemanha, é referência no instrumento na Europa. Escreveu o principal livro técnico sobre gaitas, “The Harp Handbook”, toca músicas com uma característica bastante americana, mas não necessariamente blues.
http://bit.ly/1IRW7SB
http://bit.ly/1JDnfVm

Vasco Faé

Brasileiro multi-instrumentista, um dos gaitistas mais inovadores que eu conheço, tem um estilo completamente peculiar e reconhecível de longe. Grande cantor, chegou a trabalhar com Blues Etílicos no CD Cor do Universo.
http://bit.ly/1JDoPa2
http://bit.ly/1OmcIoo

Prado Blues Band (Igor Prado)
Igor Prado é um guitarrista canhoto que cosnegui destaque nos EUA como grande promessa da nova geração. A banda dele é a banda com a qual todos os grandes nomes do blues americando querem tocar quando vêm ao Brasil.
http://bit.ly/1EpxSeR
http://bit.ly/1IRWwVa



BrazilUSA