20 fev Investimento: o que fazer depois de uma reunião?

moneydriba

Aqui na Aceleratech costumamos orientar nossas startups aceleradas sobre como manter um contato saudável com investidores. Percebemos que existem dúvidas generalizadas quando o assunto é como continuar conversando com eles sem se tornar um mala. Decidimos criar um post sobre isso, finalizando nossa série sobre investimentos dessa semana.

Muitos empreendedores costumam subestimar a necessidade de fazer um contato com o investidor após as reuniões. É importante deixar claro que seu trabalho depois delas ainda não terminou. Está apenas começando.

Gostou do que leu até agora?

Que tal se cadastrar para receber os posts sempre em primeira mão? :)

É de bom tom mandar um e-mail de agradecimento pelo tempo, e se colocar à disposição para qualquer dúvida. Devido às agendas apertadas dos investidores, é comum que eles demorem um pouco para responder suas mensagens.Caso você não tenha ouvido nada em 15 dias, é importante ligar e ver se seu deck já foi analisado, e , caso sim, coletar feedbacks sobre os materiais e sobre o negócio.

Vemos que muitas vezes a startup não se encaixa na tese de investimentos de certos investidores, mas é comum também as empresas ainda não estarem em um estágio interessante para o investidor.

Se sua empresa faz parte do último caso, que bom! Vale criar um documento com os feedbacks recebidos (melhorar sempre!) e outro com os contatos dos investidores. Use esse mailing para informá-los sobre as principais conquistas de sua startups (break even, crescimento consistente, etc). Assim, você mostra sua evolução, o que te facilita na hora de marcar uma próxima conversa!

Importante: Tenha cuidado com os e-mails. Lotar a caixa do investidor também não é uma boa prática. Uma novidade a cada dois ou três meses (se tiver) é um bom tempo.

Você ainda tem dúvidas sobre como ter uma reunião incrível com investidores?
Achamos um infográfico da Draper University que conta como a mente de um investidor funciona. Na dúvida, vale imprimir e colocar na parede.

como pensa um investidor de startup?

Qual é sua maior dificuldade na hora de falar com os investidores. Como vocês agem após as reuniões de investimento? Adoraríamos te ouvir!

Caroline Piguin
carol@aceleratech.com.br


BrazilUSA