como-destacar-a-inscricao-da-sua-startup

28 jul Como se destacar no processo seletivo de uma aceleradora de startups

Quase toda startup que entra em contato conosco quer dicas do que fazer para se destacar durante o processo de seleção. Uma boa inscrição é o primeiro passo fundamental para acelerar, e essa etapa já diz muito sobre os empreendedores e a forma que eles pensam e tocam seu negócio.

A fase online via Fundacity é a primeira do processo seletivo, que ainda conta com entrevistas presenciais ou por videoconferência, uma pesquisa e análise rigorosa sobre produto, mercado, negócio e equipe, um comitê de seleção com presença de todo o time ACE e um deep dive de algumas horas para tirar qualquer dúvida antes de finalmente tomar a decisão final. Se você ainda não se inscreveu, clique aqui.

Mas o que é uma boa inscrição?

Gostou do que leu até agora?

Que tal se cadastrar para receber os posts sempre em primeira mão? :)

O primeiro ponto é que a inscrição serve principalmente para entender os empreendedores e a visão deles para o negócio, e não o modelo de negócio em si. Como aceleradora, nós conseguimos ajudar muito no ajuste do modelo de negócio, na adaptação de forma de vendas, e às vezes até adaptação de mercado, e o que buscamos são equipes altamente qualificadas, com boa visão de futuro, conhecimento de mercado e alto poder de execução.

Ao completar o nosso formulário, queremos entender em detalhes o que sua startup faz, e como, como está sendo a evolução do seu negócio, e quais as dificuldades e aprendizados vocês tiveram durante esse processo e por que a sua equipe é a ideal para tocar essa ideia.

> Leia também: 6 dicas para fazer uma boa inscrição
> Assista também: ACE Live – É hora de entrar para uma aceleradora?

Como destacar sua startup?

stand out, unique, red pencil

Nas próximas linhas, vou usar como exemplo a inscrição da JetBov, software de gestão pecuária que foi selecionado para a sétima turma do ACE Growth. Eles nos impressionaram desde o dia que vimos o que tinham descrito em seu formulário. 

A startup passou por todas as etapas de seleção até finalmente entrar para a ACE07, e relembro aqui alguns pontos que eles colocaram em sua inscrição. Vamos passar pelas questões que eles tiveram que responder e comentar o que vimos de valor em cada uma das respostas.

Descreva o que sua empresa faz

jetbov

Em uma frase eles conseguiram me dar uma boa visão do que é o produto. Eu consigo enxergar como funciona, e vejo que isso, se bem executado pode ser muito interessante. Gosto muito de empresas que conseguem explicar todo o seu produto de forma clara e sem se prender em detalhes como diferenciais da startup.

Resposta:

“Somos a Conta Azul + Neogrid para a cadeia produtiva da carne. Somos uma plataforma SaaS em nuvem, que agrega funcionalidades de gestão, colaboração e integração da cadeia produtiva da carne, incluindo informações inteligentes sobre o mercado que permitam realizar benchmarking de indicadores da fazenda e ajudando no relacionamento entre os pecuaristas, técnicos, frigoríficos, cooperativas de carne e demais fornecedores.”

Mercado

A nossa tese de investimento envolve startups com mercado atual ou potencial de R$ 1 bilhão, e preferencialmente em crescimento. O mercado é um ponto onde muitas startups são desclassificadas. Na maioria das vezes nós já sabemos o real potencial de mercado, mas queremos entender o quanto os empreendedores já pesquisaram e buscaram. Um empreendedor que entrou em um mercado que “parece enorme” mas não pesquisou a fundo suas oportunidades tendem a ser descartados nessa etapa.

No caso da JetBov, eles conseguiram mensurar bem onde atuam. Falar apenas sobre o mercado “agro” como um todo nesse caso não faria sentido, se eles trabalham apenas com a cadeia produtiva da carne, e são essas informações que buscamos. Recomendo a leitura do post “Tamanho de Mercado Além do Básico“.

Resposta:

“De acordo censo Agropecuário do IBGE, o Brasil possui um contingente de mais de 170 milhões de cabeças destinadas a exploração da atividade pecuária, em mais de 2,6 milhões de propriedades. Segundo estudo da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), a cadeia produtiva da carne movimentou em 2010 mais de R$ 328,3 bilhões em um ano, correspondendo a 7,9% do PIB.”

Que problemas resolve

Em relação aos problemas de mercado, a JetBov conseguiu dar um panorama sobre o que está acontecendo no mercado, o quanto essa solução faz sentido e atende uma dor realmente importante para dois players importantes da cadeia. Não existe solução sem um problema ou demanda a ser resolvidos.

Resposta

“Historicamente, as margens na pecuária vem diminuindo. A pressão por sustentabilidade e a exigência de qualidade de mercados compradores estão cada vez maior, forçando a profissionalização da atividade além de uma nova geração de produtores está retornando para o campo e assumindo a gestão destas atividades, buscando para isso novas tecnologias. Porém, a maioria dos pecuaristas não possuem porte suficiente para entregar lotes adequados ao mercado, além de possuírem extrema dificuldade em gerenciar a produção e qualidade. Frigoríficos possuem dificuldade em planejar o abate e formar lotes mais homogêneos”

Diferenciais

Eu sempre presto muita atenção quando uma startup fala de seus diferenciais, e funcionalidades nunca são boas respostas para mim. Eu quero entender nesse ponto, o porquê essa é a equipe que vai vencer a briga. Não podemos abrir alguns dados que a JetBov informou nas inscrições, mas além do faturamento, eles colocaram todo o funil de vendas da startup, número de leads em cada um dos estágios do funil, números de usuários e uma linha do tempo com as conquistas e aprendizados. E esses números chamam a atenção.

Resposta:

  1. Know-how em Gestão, Supply Chain, Dev, ERPs, Zootecnia e Medicina Veterinária
  2. Pioneirismo: somos a primeira plataforma voltada a integração da cadeia produtiva da carne.
  3. Facilidade – “deve ser mais simples que usar o Excel”. Calculamos os custos e temos diversos depoimentos de usuários confirmando este ponto forte.

Sócios/Equipe:

equipejetbov
A descrição dos sócios é onde eu busco o porquê que essa equipe é a ideal para tocar o negócio. De competências técnicas, competências de negócio necessárias e até a visão e realizações, nesse campo é importante explicar o quê vocês já fizeram, e experiências relevantes para a criação desse negócio.

Resposta:

Xisto (CEO) – Experiência como empreendedor desde 1998. Fui sócio na franquia de Desenvolvimento da Datasul Finanças onde atuei como desenvolvedor e analista de sistemas na área administrativa/financeira. Fui sócio-Fundador da empresa de consultoria Euax e do software Artia para Gestão de Projetos, onde, além de consultor e instrutor, atuei na gestão de equipes, vendas, marketing e coordenei um projeto para estruturação de um planejamento estratégico para um Estado em Angola, que envolveu o desenvolvimento de setores como a agricultura e pecuária. Também sou de família de criadores na região de Lages-SC, de onde surgiu toda a concepção da idéia.

Giovani (CTO) – Possui larga experiência na gestão de TI, principalmente de ambientes em nuvem. Atuou na administração de ambientes em nuvem tendo atuado como coordenador do time de engenheiros na Datasul, Neogrid e ContaAzul. Participou do planejamento estratégico do time de operação e no projeto e implantação do ambiente de nuvem computacional privada da NeoGrid, além da reestruturação da nuvem pública na Amazon AWS da ContaAzul (atingindo 100% de disponibilidade).

Enfim…

No final, acaba sendo muito simples como se inscrever: Queremos entender sua startup de forma estratégica e sua equipe. Lembre-se que olhamos o negócio com olhos de investimento: Quem serão nossos próximos sócios? Por que essa é uma boa oportunidade? Quanto melhor entendermos, maior as chances da sua startup!

Boas inscrições!

Vou me inscrever já! 

Caroline Piguin
carol@aceleratech.com.br


BrazilUSA