17 mar 5 sinais de que você não é um empreendedor produtivo

Para ser um empreendedor de sucesso é preciso ter uma rotina definida e muita disciplina. “A produtividade do empreendedor está relacionada com o resultado”, afirma Tomás Duarte, vice-presidente da Associação Brasileira de Startup e cofundador e CEO da Tracksale. Para ele, o importante é ter consciência de que ser uma pessoa produtiva não é trabalhar muito.

Para Eduardo Migliano, gerente de Produtos do 99jobs.com, a produtividade de um empreendedor ou dono de uma pequena empresa tem relação direta com a sua equipe. “Delegar tarefas é essencial para que você possa ter uma produtividade melhor”, afirma. Abaixo, veja os principais sinais de que você não é uma pessoa produtiva.

1. A procrastinação é frequente
Redes sociais, aplicativos nos smartphones, há varias maneiras de se distrair enquanto há trabalho para ser feito. Procrastinar é um dos principais inimigos da produtividade.
Duarte explica que existem softwares e programas que podem ajudar aqueles que procrastinam além da conta. “Principalmente para pessoas que trabalham com tablets, computadores e smartphones, o DeskTime, por exemplo, ajuda a decodificar a sua produtividade”, conta.

Gostou do que leu até agora?

Que tal se cadastrar para receber os posts sempre em primeira mão? :)

2. Os resultados não aparecem
As metas que você estabelece não são cumpridas e o lucro da empresa não aumenta? “Você começa a perceber que não é produtivo, quando você entra em um ciclo de fracassos”, diz Duarte.
Para ele, é importante que o empreendedor ou pequeno empresário perceba que trabalhar muito não quer dizer que ele tem uma rotina produtiva. Às vezes, os resultados dependem mais de estratégia e foco.

3. Não trabalha em equipe
No começo de um negócio, é frequente que o empreendedor trabalhe além do expediente e centralize algumas ações. “Mas, não significa que você tenha que levar todo o trabalho para casa ou ficar no escritório até mais tarde”, afirma Migliano.
Por isso, delegar tarefas para a sua equipe pode ajudar na administração do negócio e permitir que o pequeno empresário dedique mais tempo para decisões estratégicas.

4. Falta de planejamento
Seja na vida pessoal ou profissional, o planejamento é necessário para que a gestão das tarefas seja eficiente. “Não dá para chegar no dia e pensar: ‘o que vou fazer hoje’”, afirma Duarte.
Por isso, ter um check-list diário pode auxiliar no cumprimento de prazos e processos da sua empresa. Entretanto, Migliano recomenda que o empreendedor não faça listas muito longas. “Caso contrario você pode se sentir desestimulado para realizar as tarefas”, diz.

5. Não sabe priorizar as demandas
O que é urgente e o que é importante? Saber classificar as demandas é essencial para quem tem muitas responsabilidades. “As urgentes são aquelas que não podem ser adiadas. Classifique quais são as suas tarefas importantes e as da sua equipe”, recomenda Duarte.
Para Migliano, é muito fácil se perder em inúmeras reuniões ao longo do dia. No fim, elas acabam com a sua produtividade no trabalho. Nesses casos, o ideal é determinar um horário para que a reunião termine.
Fonte: Exame PME

Caroline Piguin
carol@aceleratech.com.br


BrazilUSA