11 mar 10 passos para você saber se tem uma ótima ideia

Alguns empreendedores são mais aversivos à riscos do que outros,mas uma coisa é comum á todos: os empreendedores querem se certificar que estão fazendo um bom negócio trocando seus salários fixos e benefícios por um futuro incerto.Sempre recebemos perguntas sobre como identificar uma boa ideia para uma startup. Achamos o infográfico abaixo na Founders Institute, e gostaríamos de dividí-lo com vocês. Para facilitar a leitura, traduzimos o infográfico no texto abaixo, e depois você pode acompanhá-lo na íntegra!

1 . Você está apaixonado pela ideia

Dinheiro não é nenhum substituto para a paixão , por isso cada jornada empreendedora deve começar com uma paixão. Na verdade, cada fundador aspirante que vem ao Founders Institute com o objetivo de mudar completamente sua empresa é aconselhado a abandonar durante a primeira semana com um reembolso total .

Gostou do que leu até agora?

Que tal se cadastrar para receber os posts sempre em primeira mão? :)

Há duas razões para isso ;
1-Para conseguir superar os tempos difíceis de ser um empreendedor , os fundadores precisam estar trabalhando em idéias que eles se imaginam trabalhando em 5 , 10 ou até mesmo 20 anos. Como Elon Musk uma vez disse , ” Ser um empreendedor é como comer vidro e olhar para o abismo da morte ao mesmo tempo.” Se você não tem a paixão necessária, suas chances de seguir com um projeto são mínimas.
2- Outras pessoas vão conseguir ver facilmente sua falta de paixão , como clientes , investidores e imprensa. Investidores, por exemplo, são mais preocupados com o ” por que você ” , do que o “porquê” de sua idéia.

2 . É simples

” Pense grande ” é um mantra comum para os empresários. E é verdade – todos os empreendedorem devem pensar grande, porque na maioria dos casos uma empresa com pequenas ambições dá tanto trabalho quanto uma com grandes aspirações . No entanto , a maioria das pessoas confundem o que significa ” pensar grande “, eles acham que têm de tentar ” ferver o oceano ” desde o início.

Grandes idéias são criadas e trabalhadas, e não nascem prontas. São geralmente construidas a partir de dores simples. Mark Zuckerberg, por exemplo não acordou um dia e disse: ” Vou criar o Social Graph ” Em vez disso, ele começou a construir um utilitário simples para estudantes de Harvard para ver quem estava em suas aulas.

Todas as grandes empresas do nosso tempo começaram com uma idéia incrivelmente simples, e , em seguida, as expandiram. Se você pode começar a resolver um problema, com um único produto , para um grande nicho de clientes, você vai ser suficientemente focado e terá um alicerce para o sucesso .

3 . Fonte de receita única

Por alguma razão , a maioria dos empreendedores em estágio inicial acreditam que quanto maior o número de fontes de receita, melhor.Na fase inicial , você precisa se focar apenas em uma fonte de receita, e esta deve ser grande o suficiente para suportar toda a empresa. Se esse não é o caso, é hora de voltar para a mesa de planejamento.

Além disso, é um equívoco comum pensar que as empresas que se concentraram no crescimento dos usuários (ex. Google) não tinham um modelo de receita em mente quando começaram. Na realidade, essas empresas experimentaram uma incrível tração cedo, e, em seguida, os fundadores tomaram uma decisão tática para mudar seu foco para o crescimento.

Alguém pode construir uma grande empresa sem uma mentalidade de receita clara desde o início? Claro. Mas construir um negócio sem nenhuma fonte de receita, na esperança de se tornar o próximo Instagram é como comprar um bilhete de loteria – exceto que este bilhete de loteria custa muito mais tempo e esforço do que US $ 3.

4 . Poucos passos para geração de Receita

Quanto mais etapas há entre a venda e a receita, mais complexa é est ideia de construir e executar.

Este é um passo muito importante durante o processo de criação da ideia : Quais são as coisas que precisam acontecer antes que você faça um dólar? Se você tem que prestar um serviço , a fim de coletar dados que serão então vendidos para os anunciantes , por exemplo, você tem um negócio muito complexo. Isso geraria 5 + passos para a receita. Tente limitar o número de passos para a receita para mais ou menos três, desde o início .

5 . Você conhece seu cliente

Você precisa entender muito claramente quem você está ajudando , o que exatamente eles precisam , o porquê da necessidade, como eles estariam dispostos a resolver o seu problema , como e com o que eles gastam seu dinheiro , os objetivos que têm na vida, enfim, você precisa ter um arquétipo muito específico.

Um erro comum que encontramos é que as pessoas não se aprofundam em sua definição do cliente, ou o desenvolvimento do cliente. Por exemplo , muitas pessoas vão parar no ” . Estou ajudando grandes empresas contratar ” Na realidade, eles precisam ser capazes de dizer algo como : “Eu estou ajudando a contratação de gerentes seniores em empresas de software nos Estados Unidos com 400-800 empregados . Os clientes são tipicamente do sexo feminino, 29-34 anos, fazendo uma média de $ 58.000 por ano. Eles se reportam para a liderança da empresa de RH, e seus KPIs são X , Y e Z , medidos trimestralmente. Eles passam a maior parte do seu dia fazendo A, B, e C, e os maiores impedimentos para bater seus KPIs incluem X , Y e Z. Atualmente eles estão usando produtos de empresas A, B, e C, mas esses produtos não lhes permitem fazer estas três coisas importantes … ”

Além disso, não há ninguém que você conhece mais intimamente do que a si mesmo . É por isso que tantas grandes empresas foram formadas a partir de uma necessidade pessoal .

6 . Você conhece o mercado

Em quase todos os casos, há várias pessoas já dedicando suas vidas à ideia que você teve. Para vencer , você precisa envolver -se em seu mercado , a fim de ter o discernimento e a visão necessária para vencer. Chris Dixon ( Andreessen Horowitz ) disse que você precisa se dedicar pelo menos 10.000 horas em seu mercado para obter essa percepção – seja trabalhando no mercado , vivendo o problema (ex. ser um viciado em mídias sociais , que , em seguida, começa uma empresa de mídia sociais ) , e / ou dedicar esse tempo para a investigação .

Se você não é um especialista no seu mercado, então é hora de começar a trabalhar. Não há atalhos aqui.

7 . Mercado suficientemente grande

Mercados grandes e de rápido crescimento têm o poder de puxar empresas medianas para cima, e, inversamente , os mercados mortos podem puxar uma empresa sólida para o chão. Se você for dedicar a sua vida a uma ideia , o ideal é que o seu mercado que seja grande o suficiente (ou a crescer a uma taxa rápida ) para suportar sua empresa.

Qualquer mercado com menos de 10 milhões de pessoas ou vários bilhões de dólares em receita anual , que não está crescendo a um ritmo muito rápido vai ser muito difícil de tratar, e provavelmente não vale o seu tempo . Por exemplo, mesmo que você tenha sorte o suficiente para ser moderadamente bem sucedido em um mercado de US $ 500 milhões, você provavelmente ainda só terá um negócio que vale em torno de US $ 50 milhões.

Você vai morrer ganhando um mercado pequeno. Por isso, seja inteligente e não comece sua empresa em um cemitério.

8 . Molho secreto original

Toda grande empresa tem um molho secreto, porém, nem toda empresa começa com um molho secreto. A construção de uma empresa sem um plano de como você vai se diferenciar e ganhar desde o início, é uma coisa simplesmente estúpida.

Além disso, seu molho secreto precisa ser original. Se é óbvio, isso quase sempre é um mau sinal. As melhores ideias têm um molho secreto que é transformador, não incremental.

Qual o segredo que você sabe que irá ajudá-lo a ganhar? Por exemplo, Tony Hsieh começou Zappos com um molho secreto muito distinto – atendimento ao cliente. Sua visão transformacional foi que comprar sapatos on-line era realmente um problema de atendimento ao cliente , e não um problema de varejo.

9 . Você já tentou matar a sua ideia

É muito fácil se apaixonar por sua idéia – afinal , é o seu bebê, e quase ninguém vai dizer que seu bebê é feio. Reforços positivos são muito fáceis de encontrar.

Seu trabalho na fase de concepção é de encontrar as coisas que fazem a sua ideia uma má ideia. Tente matá-la, e então, um por um, eliminar seus aspectos negativos. O resultado será uma base muito mais sólida para iniciar.

10 . Você compartilha a sua ideia

Ninguém vai roubar a sua idéia. Pense nisso: Você realmente acha que sua idéia é tão grande, tão original, que alguém que a ouve vai ir para casa, parar seu trabalho , e dedicar toda a sua vida a ela? E ser bem sucedido? As chances são quase zero.

Você precisa fazer pitches todos os dias, para quem quiser ouvir, e incorporar todo o feedback que você recebe para melhorar a idéia. O feedback é o melhor amigo de um empresário, e os empresários do Vale do Silício entendem isso melhor do que ninguém. Por exemplo, em qualquer noite , você pode encontrar 20 diferentes eventos no Vale do Silício , onde as pessoas compartilham abertamente as suas ideias , e é essa cultura orientada para trabalho em equipe e colaboração que leva à inovação .

10_rules_final_1

Equipe ACE
contato@goace.vc

A Equipe ACE é formada por profissionais multidisciplinares e apaixonados por empreendedorismo e startups :)



BrazilUSA